quinta-feira, 30 de junho de 2011

Procon-SP reúne jovens em Oficina de Rap na Zona Leste de São Paulo

O Procon-SP promoveu, no dia 28 de junho, mais uma atividade voltada para jovens no Espaço Jovem Consumidor, que fica no CIC Leste. Com o objetivo de promover reflexão sobre consumo consciente e cidadania, jovens  na faixa etária dos 12 a 15 anos, em sua maioria alunos das escolas da região, discutiram sobre consumo, preconceito, a aceitação das diferenças e o reconhecimento do outro.

Por meio de um bate-papo conduzido pelo educador social Marcelo Cavanha e pela coordenadora do Observatório Social do Procon-SP, Renata Molina, os participantes falaram das suas experiências pessoais e familiares, conflitos nas relações de consumo e os mecanismos disponíveis e utilizados para garantia de seus direitos. Na discussão realizada os jovens puderam identificar fatores motivadores de consumo, que vão muito além da necessidade básicas mas que refletem valores, conceitos e imagens associados aos produtos consumidos.

Educador Social Marcelo Cavanha em Oficina promovida para jovens
 Os jovens assistiram o curta metragem Vista a Minha Pele (veja aqui), que propõe a discussão sobre racismo e preconceito através de uma história invertida, onde os negros são a classe dominante e os brancos foram escravizados. O filme foi apresentado como introdução ao hip-hop, movimento cultural iniciado nos Estados Unidos que surge como forma de reação ao preconceito sofrido pelos negros e classes menos favorecidas.

Outros aspectos do  hip-hop, o rap, a instrumentação dos Djs, o break dance e o grafite, também foram detalhados. O movimento hip hop, através de seus elementos, como grafite e rap, são fios condutores, e servem como ferramenta de integração social e socialização de jovens.

O Espaço Jovem Consumidor, que fica no Centro de Integração da Cidadania – CIC Leste, é mais uma iniciativa do Procon-SP para educar e orientar o público jovem sobre os seus direitos no mercado de consumo. Além deste espaço, o Procon-SP realiza palestras, oficinas, teatro de fantoches e outras atividades voltadas para crianças e adolescentes.

Veja aqui o Manual do Jovem Consumidor, que possui dicas e orientações sobre diversos temas do mercado de consumo.

Da Assessoria de Imprensa do Procon-SP