terça-feira, 19 de junho de 2012

Procon-SP recebe mais de cinco mil queixas sobre telefonia móvel



Desde o início deste ano o Procon-SP realizou 5.713 atendimentos referentes a problemas com telefonia móvel. A empresa Claro lidera o ranking das queixas, seguida por TIM, OI , Vivo e Nextel. Veja tabela abaixo:
    
Empresas mais reclamadas
Número de queixas
CLARO
1984
TIM
1385
OI
996
VIVO
842
NEXTEL
506



Os principais problemas registrados foram: cobrança indevida (como por exemplo, a alteração de planos pré para pós-pago sem anuência do consumidor ou cobrança de pacote de dados ou serviços não solicitados); falha na prestação de serviço (falhas de conexão, inoperância ou queda frequente no sinal, velocidade da internet abaixo da contratada); além da dificuldade de fazer o cancelamento.

Dicas para o consumidor

- Antes de contratar um serviço, informe-se sobre os diversos planos comercializados e verifique aquele que melhor atende suas necessidades, considerando os recursos e serviços oferecidos, seus hábitos de utilização e o custo;



- As operadoras devem informar, de maneira clara e precisa, como funcionam os planos ofertados: minutos, quantidade de SMS disponíveis, se o serviço de internet está incluso no pacote, o valor cobrado pelo uso excedente dos serviços, o que esse pacote lhe permite na prática (envio e recebimento de fotos, vídeos, e-mails e a quantidade disponível; tempo de acesso à internet; etc.). Confira outras dicas para a contratação de serviço de telefonia celular aqui. 


O serviço de telefonia é essencial, e como tal, o artigo 22 do Código de Defesa do Consumidor determina que ele seja prestado de maneira adequada, eficiente, segura e contínua.


Mesmo assim, o serviço está sujeito a falhas e, quando elas ocorrem,  seu telefone pode ficar mudo, com chiado ou o sinal passa a cair com frequência, por exemplo. O que fazer quando algo do tipo ocorre? Veja o post "Seu telefone não funciona? Saiba o que fazer".

Saiba que: caso não esteja satisfeito com a sua operadora atual, você pode optar pela portabilidade numérica

Onde reclamar

Caso tenha problemas com a sua operadora de telefonia, o consumidor pode entrar em contato com um dos canais de atendimento do Procon-SP ou com a Anatel.

Quem reside fora do município de São Paulo, pode encontrar o endereço e o telefone do órgão de defesa do consumidor de sua cidade aqui.


*É permitido o uso deste material, desde que citada a fonte