quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Encontro Paulista de Hip Hop e outras dicas para o feriado

VI Encontro Paulista de Hip Hop no Memorial da América Latina


Imagem: Memorial
No próximo sábado (17), o Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura realizam a 6º edição do Encontro Paulista de Hip Hop. Gratuito, o evento reunirá diversas atrações no Memorial da América Latina, das 11h às 22h. Nomes importantes do cenário hip hop paulista, os rappers Dexter e Thaíde, além da dupla Os Gêmeos, André Alambeat e Binho Ribeiro são alguns dos destaques. 

A programação do Encontro é extensa e vale para toda a família. A partir do meio-dia, o encontro “No rolê – Trocando ideia" reúne carros no estilo low rider – veículos com sistema de suspensão modificado e estética personalizada. No mesmo horário, acontece o bate papo “Fortalecendo as Origens”, na tenda Baobá, montada na área externa do Memorial. O cantor e compositor Lino Krizz e seus convidados discutem sobre o fortalecimento do hip hop como instrumento de transformação social.

O VI Encontro de Hip Hop conta, ainda, com atividades recreativas para as crianças, no Espaço Erê. Oficinas de breaking e contações de histórias sobre o imaginário afro serão realizadas ao longo de todo o dia. Outras ações, como workshop do DJs, batalhas de break e de MC, exposição de fotografias, exibição de vídeos e lançamento de livros também fazem parte da programação.


Serviço

VI Encontro Paulista de Hip Hop
Memorial da América Latina
Dia 17/11/2012, das 11h às 22h.
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo/SP (próximo à estação Barra Funda do Metrô)
Telefone: (11) 3823-4600 
Atrações gratuitas

Fonte: Secretaria Estadual de Cultura

Chico César no CEU Tiquatira


Imagem: CEU Tiquatira
No dia 18 (domingo), às 15h, o CEU Tiquatira recebe o cantor paraibano Chico César para o show "Aos Vivos Agora", no qual ele relembra sucessos como "Mama África", "À primeira vista" e "Alma não tem cor".

Show de abertura com a cantora Carol Bianchi.

O evento faz parte do projeto "CEU é Show", que promove apresentações musicais e de teatro em todos os Centros Educacionais Unificados da cidade de São Paulo. 

Confira a programação do CEU é Show.

Serviço

Chico César
CEU Tiquatira (Centro Educacional Unificado) - Teatro Nelson Gonçalves
Quando: 18/11/2012, às 15h. 
Endereço: Av. Condessa Elizabeth Robiano (Marginal Tietê) com R. Kampala, 270 - Penha. São Paulo/SP. Novo tel.: (11) 2075-7500.
Entrada gratuita (retirada do ingresso: 1 hora antes do show)

Fonte: CEU Tiquatira

Magias e celebrações africanas na Pinacoteca

Imagem: Pinacoteca


Está em cartaz na Pinacoteca do Estado de São Paulo a exposição Gênese e celebração: Coleção de peças africanas do acervo de Rogério Cerqueira Leite. São 200 peças,  confeccionadas  predominantemente em madeira e marfim, representativas da cultura e religiosidade de diversos grupos étnicos africanos. 

Máscaras, esculturas, relicários e objetos de tamanhos variados, chegando a 1,7 metro, compõem a coleção. A maioria das peças é de cunho religioso, utilizadas em rituais e celebrações.

Na mostra, a coleção está separada por etnias, com as peças agrupadas geograficamente, segundo a origem: Costa do Marfim, Gana, Nigéria, Camarões, República Democrática do Congo, Gabão, Mali, Burkina-Faso, Angola, Tanzânia.

Serviço

Exposição Gênese e celebração
Pinacoteca do Estado. Praça da Luz, 2 – São Paulo/SP. Telefone (11) 3324-1000
Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas.
Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia-entrada).
Entrada franca aos sábados e às quintas-feiras, a partir das 11 horas.
Mais informações: www.pinacoteca.org.br/pinacoteca/

Fonte: Agência Imprensa Oficial

Baile dos Orixás homenageia a consciência negra

Imagem: SMC
Para festejar o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, a Orquestra HB convidou os cantores Aloísio Menezes e Carol Bezerra para, juntos, apresentarem o show “Baile dos Orixás” na Sala Olido, no sábado, dia 17, às 18h. 

O projeto surgiu a partir de um encontro entre os dois intérpretes e Guga Stroeter, criador e maestro da HB. Por acreditar que a herança africana é imprescindível para melhor compreensão do Brasil e seu povo, a ideia é mostrar um repertório com fundamentos do Xirê (sequência de canções na qual os orixás são apresentados), como ocorre nos terreiros de candomblé. 


O show, no entanto, não afirma convicções religiosas. Trata-se de um encontro democrático no qual todos podem dançar em celebração da ligação do homem com a natureza.  “Tomamos o cuidado de deixar claro que nossa apresentação não é um ritual, mas uma festa que homenageia a dança e a polirritmia”, explica Stroeter.

Direcionado essencialmente ao público jovem, que está em busca de sonoridades fragmentadas na história nacional, o show combina os tradicionais toques do candomblé com a música eletrônica, unindo-os com uma orquestra de jazz. 

Serviço

Baile dos Orixás
Galeria Olido
Dia 17, às 18h.
Sala Olido. Av. São João, 473, Centro - São Paulo/SP
Tel.: 3331-8399 e 3397-0171. 
Grátis (retirar ingresso uma hora antes)

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura

Feira Preta e outras atividades para celebrar o mês da Consciência Negra na cidade

Imagem: SMPP

A Secretaria de Participação e Parceria (SMPP), através da Coordenadoria dos Assuntos da População Negra (CONE) em conjunto com a Assessoria de Gêneros e Etnias (ACGE), da Secretaria Estadual de Cultura e com a Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, realiza durante o mês de novembro, diversas atividades para marcar o mês instituído para homenagear a população negra.

Estabelecido através da Lei 13.707/04, o dia 20 de novembro é nomeado como “Dia da Consciência Negra”. O feriado municipal homenageia a data em que Zumbi, vítima da escravidão, comandou a revolução do Quilombo dos Palmares, no ano de 1695, reivindicando os direitos de todas as pessoas que sofriam com a escravidão. Zumbi tornou-se o maior líder negro do Brasil, por ter perdido a vida em prol da liberdade do povo negro.

As atividades realizadas terão o intuito de proporcionar para a população paulistana o conhecimento sobre a cultura negra e africana.

Shows, exposições de fotos, workshop, feiras de artesanato, debates, apresentações de grupos de dança e coral, exposições sobre a cultura africana, oficinas de artesanato, entre outras oficinas serão realizadas ao decorrer do mês, em diferente locais da cidade de São Paulo.

Um dos destaques da programação é a Feira Preta, realizada durante os dias 15,16 e 17 de novembro. O evento é o maior encontro de cultura negra da América Latina. Desde 2002, o encontro reúne a cultura e o comércio de produtos étnicos em uma grande celebração.


Fonte: Secretaria Municipal de Participação e Parceria