terça-feira, 6 de novembro de 2012

Pranchas alisadoras de cabelo podem oferecer risco de queimadura

A Comissão de Consumo e Competitividade Australiana, responsável pela segurança dos produtos no País, alerta os consumidores sobre os riscos que as pranchas alisadoras de cabelo oferecem às crianças.

 De acordo com a instituição, o alisador de cabelo pode ficar quente o suficiente para fritar um ovo. Sendo assim, as placas do aparelho podem aquecer a mais de 200 graus, em menos de 10 minutos, e podem demorar mais de 30 minutos para esfriar até atingir uma temperatura segura. É durante esse tempo, em que as pranchas levam para esfriar, que usualmente ocorrem os acidentes,  pois  manusear ou encostar parte do corpo no equipamento, ainda quente, pode gerar lesões que vão desde queimaduras superficiais até as muito graves.

O risco é ainda maior para as crianças, pois  elas possuem a pele mais fina do que a de um adulto e, por essa razão, as queimaduras podem causar cicatrizes permanentes, alerta a instituição.

Conforme estatísticas publicadas no site da Comissão, pelo menos uma criança sofre queimadura grave com alisadores de cabelo por semana.

Veja algumas dicas para minimizar o risco de queimaduras:

1. Desligue a prancha após o uso;

2. Deixe o alisador fora do alcance das crianças;

3. Divulgue essas informações para seus amigos, conhecidos e parentes para evitar outros acidentes.