quarta-feira, 24 de julho de 2013

INSS muda regras para empréstimo consignado a aposentados para combater fraudes

Para evitar fraudes, o INSS mudou as regras do consignado. A partir de agora, sempre que o aposentado denunciar uma cobrança ilegal de empréstimo, o INSS vai bloquear o pagamento das parcelas até que o caso seja apurado.

Outra mudança anunciada é que sempre que houver denúncia de irregularidade no consignado o percentual da renda já destinado a um empréstimo não poderá ser utilizado em um outro empréstimo  até o final da apuração de fraude. Por exemplo, se ele já comprometeu 10% da renda, só pode usar mais 20%.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone 135 ou pelo site da previdência social.
Veja no site do Ministério da Previdência as regras e saiba como denunciar irregularidades.
Procon-SP orienta
- Caso possua empréstimo consignado ou pretenda contratar esse tipo financiamento, fique atento a ofertas que se mostram muito vantajosas;
- Antes de assinar o contrato, leia com atenção todas as cláusulas, que devem conter informações claras sobre qual o valor total a ser pago, os juros cobrados e outras condições do financiamento. Em caso de dúvida, consulte um órgão de defesa do consumidor;
- Não assine procuração para pessoas desconhecidas;
- Faça uma avaliação cuidadosa do quanto isso vai comprometer seu orçamento - lembrando que a mensalidade não pode ultrapassar 30% do montante do benefício, no empréstimo, e 10% no crédito consignado.
Mais orientações podem ser obtidas aqui .