segunda-feira, 15 de julho de 2013

Recalls convocam cadeiras de bebê para automóvel e cadeiras plásticas

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça, informa que a Burigotto S/A Indústria e Comércio anunciou Campanha de Chamamento para a substituição do fecho do cinto de segurança das cadeiras de bebê para automóveis Burigotto Neonato, Peg-Pérego Tri-Fix K e Navetta XL, fabricadas entre janeiro de 2010 e maio de 2013. De acordo com a empresa, a Campanha abrange 5.122 produtos colocados no mercado de consumo.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que, “o defeito detectado no fecho fornecido pela empresa italiana pode resultar na abertura do cinto de segurança da cadeira/berço em caso de impacto do veículo”, o que, segundo o Departamento Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), pode acarretar lesões graves às crianças e a demais ocupantes do veículo.
 
Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do telefone 0800 770 2298, ou pelo site

Cadeiras Plásticas Tramontina 

A Tramontina Delta S/A também anunciou Campanha de Chamamento para substituição das cadeiras plásticas, modelo IMBE BR, fabricadas entre 03/11/2011 e 05/11/2011.

De acordo com a empresa, a Campanha abrange 3.000 unidades do produto, com numeração, conforme selo do Inmetro, entre o intervalo 44490305 a 44523324. Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que, pode acontecer a quebra da cadeira, o que leva à “queda do usuário, com possibilidade de lesões”.

Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do telefone (81) 3454-8800, das 08h às 17h, de segunda à sexta-feira ou pelo site

Cadeiras bebê para automóveis Chicco Auto-fix

A Artsana Brasil Ltda (CHICCO) anunciou Campanha de Chamamento para a substituição do fecho do cinto de segurança das cadeiras de bebê para automóveis Chicco Auto-Fix, equipadas com o dispositivo “Daphne 0” e comercializadas entre 1 de janeiro de 2010 e 16 de maio de 2013.

De acordo com a empresa, a Campanha abrange 7.842 unidades do produto colocados no mercado de consumo. Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que há possibilidade de o dispositivo de retenção apresentar problema no fecho, o que acarreta desprendimento da criança do dispositivo, com risco de graves lesões à criança e a demais ocupantes do veículo.

Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do telefone 0800 2000210, das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira, ou pelo site.

Detalhes sobre três campanhas de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça.