terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dicas sobre o serviço de abastecimento de água

Por Ricardo Lima Camilo


conta de água
Imagem: Sabesp
A conta de água deve apresentar algumas informações, que muitas vezes são ignoradas, mas é importante que você  fique atento a elas, pois um consumidor bem informado pode defender os seus direitos. Por isso, daremos algumas dicas para que o nosso leitor veja além do valor a ser pago mensalmente. 

Para entender melhor a sua conta e saber quais informações ela apresenta, entre no site da Sabesp e clique nos ícones "Agência virtual" ,"Sua conta" e "Conheça sua conta".

Dicas do Procon-SP e seus direitos

- É importante verificar se as torneiras não estão pingando, se a descarga está funcionando adequadamente e se o chamado ladrão da caixa de água ou reservatório de água não está vazando em razão do mau funcionamento da boia.

- É possível solicitar a interrupção do fornecimento de água nos casos em que o imóvel estiver desocupado, pois assim não poderá haver a cobrança pelo valor mínimo. No entanto, verifique as taxas para a suspensão e para a religação e veja se é mais vantajoso do que pagar o valor mínimo.

-Verifique, na sua conta, o dia previsto para a próxima leitura do hidrômetro na sua residência. Deixe uma pessoa disponível para atender o leiturista.  Alguns problemas podem atrapalhar (ou impedir) que o funcionário da empresa tenha acesso ao hidrômetro: casa fechada; cachorro solto, vidro do relógio sujo ou embaçado. Evite que isso ocorra!

- Na impossibilidade de se fazer a leitura, a empresa fará a cobrança pela média de consumo faturado dos últimos 180 dias.  A concessionária tem o dever de informar  o consumidor, por escrito, sobre o impedimento de leitura e a possibilidade da suspensão no fornecimento caso se mantenha a impossibilidade de leitura;

- Caso a empresa não interrompa o serviço após o terceiro mês consecutivo de impedimento da leitura do hidrômetro, deverá efetuar a cobrança com base no consumo mínimo (consulte a concessionária de sua cidade para saber qual é este valor), sem a possibilidade de o prestador de serviço promover futura cobrança da diferença de valores medidos e cobrados.

- Altas de consumo, muitas vezes, decorrem de vazamentos na rede de água. A conservação das instalações internas do imóvel é de responsabilidade do consumidor. Portanto, ao observar alta anormal de consumo,  deve-se verificar previamente as condições do sistema hidráulico do imóvel (vazamentos de torneira, encanamentos, vaso sanitário, etc).


Arte: Procon-SP
Evite desperdícios!

- Nunca jogue lixo no vaso sanitário;

- Feche a torneira enquanto escova os dentes;

 Evite tome banhos demorados;

- Verifique possíveis vazamentos (na torneira, no encanamento, no vaso sanitário etc.), e providencie os consertos necessários;

- Não varra a calçada com mangueira, isto consome uma quantidade enorme de água. Use uma vassoura;

- Evite lavar o carro com a mangueira. Segundo a Sabesp, uma mangueira não muito aberta, gastam-se 220 litros de água. Com meia volta de abertura, o desperdício alcança 560 litros. Para reduzir, basta lavar o carro somente uma vez por mês e com balde;

- Regue as plantas no final da tarde para evitar evaporação de água;


- Antes de lavar os pratos retire os restos de alimento, jogando no lixo, e deixe pratos e talheres de molho na água. Deixe a torneira fechada enquanto ensaboa a louça;

- Deixe a roupa acumular para por na máquina. Se lavar na mão, feche a torneira enquanto ensaboa e esfrega. A água usada da máquina pode ser utilizada para lavar o quintal, as calçadas e pisos, para lavar panos de chão, etc..

Em caso de dúvidas ou problemas com sua conta de água, entre em contato com um dos canais de atendimento do Procon-SP. Se você mora fora da Capital, encontre o telefone e endereço do Procon conveniado à Fundação Procon-SP aqui.