quinta-feira, 7 de novembro de 2013

13º salário, as compras de fim de ano e as contas de 2014

Da Assessoria de Comunicação Social


Desenho de um homem com uma das mãos sobre um pouco de dinheiro, pensando em compras como celular, máquina fotográfica, televisão, etc.
Arte: Procon-SP
Até o final do mês, muitos trabalhadores receberão a primeira parcela do 13º salário. Muita gente não vê a hora disso acontecer, pois com ele é possível  pagar dívidas, reforçar a poupança, comprar presentes de Natal, ou planejar uma viagem de férias. Confira algumas dicas  que o Procon-SP elaborou para lhe ajudar no planejamento de como usar bem esse dinheiro extra:

Pagamento de dívidas 

• Liste todas as dívidas (cartão de crédito, cheque especial, empréstimo, financiamento etc.);

Aproveite as campanhas de renegociação e quitação de dívidas;

Priorize as dívidas que cobram juros mais elevados como cartão de crédito e cheque especial;

Antecipe o pagamento de prestações como de empréstimo e/ou financiamento, pois é assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor o desconto proporcional de juros para a antecipação de parcelas de financiamentos;

Programe os possíveis gastos do final de ano

Desenho de um homem aflito segurando duas sacolas cheias de compras e com uma corrente envolvendo seu corpo, expressando aperto
Arte: Procon-SP
• Liste todas as despesas do mês e as que envolvem as festas de final de ano: ceia, roupas novas, presentes, cabeleireiro etc. Relacione todas as pessoas que você deseja presentear, estipulando valor máximo;

Importante! Controle sua ansiedade e resista aos apelos publicitários. Saiba que o ano acaba, mas as contas continuarão chegando.

• Evite financiamentos, compras parceladas no cartão de crédito e cheques pré-datados. Pesquise preços e negocie descontos para pagamento à vista;

• Se não for possível pagar suas compras à vista, cuidado com os juros. Antes de efetuar a compra parcelada, verifique os prazos, o valor das parcelas e a taxa de juros que será cobrada. Mas, não se esqueça das contas de janeiro.

Contas de início de ano

 O 13º salário também pode ser usado para quitar as obrigações que aparcem logo no começo de cada no:

• Aproveite os descontos para pagamento à vista do IPTU, pode ser mais vantajoso que  pagar em parcelas;

• Não se esqueça das despesas com matrícula e material escolar;

• Para os donos de veículos, é importante reservar o valor correspondente à renovação do seguro. Caso não seja possível o pagamento total à vista, reserve, ao menos, o valor para pagamento da primeira parcela. Assim  como ocorre com o IPTU, pode ser mais vantajoso pagar o IPVA à vista, pois esse tributo também possui desconto quando quitado em parcela única.

Planejamento para os próximos 12 meses

• Se pretende viajar nas férias, calcule os possíveis gastos com hospedagem, passagens, alimentação, seguro viagem, aluguel de automóvel, combustível, pedágios, passeios, lembranças etc.;

• Se a ideia é investir o 13º salário (ou o que sobrou dele), analise as aplicações disponíveis no mercado, levando em consideração o período em que deseja usar o dinheiro, o tempo necessário para capitalizar (juntar) a importância desejada, a rentabilidade oferecida e o risco do investimento escolhido.