terça-feira, 27 de maio de 2014

Orientações sobre impermeabilização

Da Equipe do Blog

A impermeabilização é muito utilizada no revestimento de espaços, peças e objetos que devem ser mantidos secos. Ela age eliminando ou reduzindo a porosidade do material, preenchendo infiltrações, isolando a umidade do meio e impedindo fungos e mofo que danificam edificações e móveis e tornam o ambiente insalubre. Confira algumas dicas que podem aumentar a via útil de sua residência ou de seus móveis.

Como a impermeabilização é uma prestação de serviços, é necessário precaver-se para evitar problemas futuros. A empresa deve apresentar um orçamento prévio especificando o valor da mão de obra e o material a ser utilizado, bem como as condições de pagamento, data de início e término do serviço, etc..

No contrato deve constar a identificação do fornecedor e do contratante e os dados apresentados no orçamento. O documento deve informar, ainda, o tempo de duração da impermeabilização e quais os cuidados para sua conservação, bem como a maneira de limpar os produtos ou ambientes impermeabilizados em caso de acidentes domésticos como, por exemplo, derramamento de molhos, líquidos, doces, entre outros.

É recomendável que o pagamento não seja feito de maneira integral no momento da contratação. Uma parte deve ser quitada após a finalização do serviço.

Antes de fechar o negócio faça uma pesquisa comparando preço, condições de pagamento e durabilidade da impermeabilização. E indague junto a conhecidos que já tenham usado este tipo de serviço para saber se é o que realmente procura.

Todos os móveis impermeabilizados podem ser lavados e limpos de uma a duas vezes por semana com o uso de aspirador de pó para remover a poeira ou sujeira que estiver acumulada. No caso de estofados, se algum líquido for derramado sobre o tecido, a melhor maneira é removê-lo com o auxílio de papel absorvente. Preste atenção para não pressionar ou esfregar a toalha de papel contra o líquido, pois isso pode fazer com que ele penetre no tecido.