terça-feira, 24 de novembro de 2015

Oportunidades para "limpar o nome" e algumas dicas do Procon-SP


 Quem mora na cidade de São Paulo e está com restrição no crédito terá boas oportunidades para regularizar a situação perante os seus credores. A Serasa Experian realiza nesta semana, a partir desta terça (24) até sábado (28), o Super Feirão Limpa Nome na cidade de São Paulo para ajudar os consumidores a saírem dos cadastros de restrição ao crédito, renegociando dívidas atrasadas diretamente com os 68 credores participantes.

Serasa promove também, até sábado, o Super Feirão Online para que os consumidores inadimplentes de todo o país renegociem suas dívidas.
O feirão presencial na cidade de São Paulo será no estacionamento do Shopping Itaquera, na Av. José Pinheiro Borges, s/nº, Zona Leste de São Paulo, das 8h às 18h. Veja mais informações aqui
Para participar do feirão online é preciso acessar o site www.serasaconsumidor.com.br/superfeirao e preencher um cadastro.
Boa vista SCPC



A Boa Vista SCPC também faz um mutirão online para limpar o nome com 101 empresas, por meio do endereço eletrônico www.consumidorpositivo.com.br.

O mutirão estará disponível até 12 de dezembro. Para participar, é preciso acessar o site www.consumidorpositivo.com.br e se cadastrar. 

Dicas do Procon-SP
Confira algumas orientações Procon-SP para você sair do vermelho:

Passo 1: organização

O primeiro passo para quem está endividado é saber a extensão do problema. Para isso, liste detalhadamente todas as dívidas (para quem deve, o valor e há quanto tempo); seus créditos (salário, rendimentos extras, aplicações, etc.) e suas despesas do dia a dia (transporte, alimentação, contas de consumo, e outros gastos).

Passo 2: controle

Verificadas as despesas, há diversas medidas radicais, mas necessárias, que podem ser tomadas, tais como:

- Adeque o padrão de vida aos seus reais rendimentos, mesmo na compra de produtos essenciais;

- corte, ou diminua, gastos com TV  por assinatura, celular e uso do veículo.

- faça uso racional da água e da energia elétrica;

- não compre por impulso, gastando somente o necessário;

- pesquise preços e formas de pagamento. Sempre que possível dando preferência para compras à vista;

- não use o valor do limite do cheque especial como um segundo salário;

- procure atividades de lazer gratuitas, como passeios a parques públicos, exposições, etc;

- diminua o uso do cartão de crédito ou talão de cheques. Levar na carteira somente dinheiro suficiente para as despesas do dia.

Passo 3: eduque-se

- Elabore um plano para controlar todas as despesas. Se for o caso, envolva toda a família;

- acompanhe com frequência o seu saldo bancário e despesas no cartão de crédito;

- em todas as ações, procure sempre uma oportunidade de economizar.

Passo 4: ajuste- se

- Antes de tudo, saiba quanto realmente pretende disponibilizar para quitar as dívidas;

- Tente negociá-las diretamente com os credores ou através de uma conciliação nos postos avançados de conciliação extraprocessual;

- Se houver algum dinheiro aplicado, avalie a possibilidade de utilizá-lo para quitação das dívidas;

- De preferência ao pagamento das dívidas quando receber o 13º salário;

- caso não tenha recursos para saldar as dívidas, avalie também a possibilidade de obter crédito com taxas menores, como o empréstimo consignado. Fique bem atento a todos os valores, principalmente dos juros, taxas e demais encargos. Faça uma avaliação cuidadosa.

Passo 5: a regularização

Ao firmar um acordo de renegociação ou obter a quitação de uma dívida, guarde toda a documentação relacionada ao acordo realizado.

Saiba que, após o início do pagamento do débito, o credor deve providenciar a retirada do nome dos cadastros de inadimplentes.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados:

Comentários ofensivos e comentários que contenham dados pessoais como telefone, e-mail, endereço e informações bancárias (número de conta corrente e cartão de crédito, por exemplo).