quarta-feira, 19 de abril de 2017

Anvisa proíbe cinco suplementos alimentares

Imagem: Pixabay
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a comercialização de cinco suplementos alimentares da empresa Rainha Laboratório Nutracêutico Ltda.. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de 17/4/2017.

Os produtos atingidos pela proibição foram: 

Suplemento de Cafeína para Atletas em cápsulas Therma Pro-F Bodyaction - Possui em sua composição extrato de chá verde, extrato de guaraná e extrato de laranja amarga como ingredientes ativos na formulação, sem avaliação de segurança do CVS

Suplemento Vitamínico Mineral em cápsulas Colágeno Hidrolisado Clinical Skin Bodyaction - Produto comercializado irregularmente como suplemento vitamínico mineral; contém colágeno e apresenta alegações não permitidas para alimentos.

Suplemento para Atleta  Colágeno Hidrolisado em comprimido Bodyaction - Lista de ingredientes não condiz com a ordem de produção; não constam as vitaminas e minerais declarados na lista de ingredientes.

Pó para o preparo de composto de cafeína e taurina – Pre-Hers Pro-F Pre Workout Bodyaction - Em desacordo por conter extrato de gengibre em pó como ingrediente ativo, sem avaliação de segurança. Apresenta alegações não permitidas para alimentos. A lista de ingredientes não condiz com a ordem de produção.

Suplemento vitamínico mineral em comprimidos Salad Tabs Nutrilibrium - Enquadramento irregular na categoria de suplemento vitamínico e mineral pois os ingredientes utilizados não são fonte de vitaminas e minerais.

Todos os produtos proibidos na resolução têm validade até o final de 2017.

Fontes: Anvisa e Infomoney

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados:

Comentários ofensivos e comentários que contenham dados pessoais como telefone, e-mail, endereço e informações bancárias (número de conta corrente e cartão de crédito, por exemplo).